DECANTO, ATÉ QUANDO FOR PRECISO ESQUECER

DECANTING. UNTIL IT IS NECESSARY TO FORGET

Performance [2 days x 6 hours]. Festival Espírito Mundo, Casa Barbot & Espaço Porto Cruz, Vila Nova de Gaia, Portugal, 2013.

Photograph by Gabriel Bolzan.

Parte I: Seguro nas mãos um gravador e leio – ininterruptamente – em voz alta a conjugação do verbo esquecer em todos os seus modos e tempos. 
Parte II: Ligo o áudio gravado no dia anterior. Deito-me sobre uma cadeira caída no chão, e com a ajuda de um conta gotas recolho – o mais lentamente possível – o vinho que está em um cálice localizado acima da minha cabeça. Aos poucos – enquanto concentro-me na minha voz que repete os esquecimentos – gotejo o vinho na boca sem engolir e o deixo transbordar.  

Repeat, please:
1. Lembrar, viajar e carregar consigo uma mala, alguns rostos e vozes. em um dia qualquer deitar sobre uma cadeira ou escolher outra posição – desconfortável.
2. Permanecer. ouvir a sua própria voz realizando uma promessa – repetidas vezes até acostumar-se com ela. selecionar as lembranças que deseja apagar (despedir-se de todas elas).
3. Insistir! depositar na boca algum gosto especial – lentamente. algo que o faça perceber onde realmente está. concentrar-se no sabor e na voz (permitir qualquer dor).
4. Esquecer? sim, reconhecer o rumor das distâncias atravessadas, e por tudo isso quase desistir.
P.s. Provavelmente terá que repetir esta ação mais vezes, pois o ato de esquecer é súbito e involuntário. entretanto, o ruído insistente de uma lembrança ajudará a substituir as memórias indesejáveis. (mas atenção: poderá sentir dores de cabeça e uma sensação de náusea a cada vez que concluir parte do processo).

Part I: I hold in my hands a recorder and - continuously - read aloud the conjugations of the verb forget, in all its moods and tenses. 

Part II: I turn on the audio recorded on the previous day. I lie down on a chair lying on the ground, and with the help of a dropper gather - as slowly as possible - the drink in a glass located above my head. Gradually - while I focus on my voice that repeats forgetfulness - I drip wine in my mouth without swallowing and let overflow. 

Repeat, please:

1. Remember. travel and carry a suitcase, some faces and voices. On any given day lie on a chair or choose another position - be uncomfortable.
2. Remain, listen to your own voice making a promise - repeatedly to get used to it. select the memories that need to be cleared (say goodbye to all of them).
3. Insist! deposit some special taste in the mouth - slowly. Something that makes you realize where you actually are. focus on the taste and on the voice (allow any pain).
4. Forget? yes, you recognize the sound of distance traversed, and almost give all of this up. 
P.s. You will probably have to repeat this action more often, because the act of forgetting is sudden and involuntary. however, the insistent sound of a memory will help replace the unwanted memories. (but warning: you may experience headaches and a slight feeling of nausea every time you complete part of the process).

  • Vimeo
  • Facebook
  • Instagram

© 2020 Rubiane Maia