PRÓXIMO A UMA DIREÇÃO INVISÍVEL

CLOSE TO AN INVIBLE DIRECTION

Performance [7 days] - Public Presentation [1 hour]. Museu Bispo do Rosário, Rio de Janeiro, Brazil 
Work made in collaboration with Marcela Antunes [BR]

No decorrer do período de residência no Museu Bispo do Rosário, nós desenvolvemos uma rotina de exercícios, bem como de estudos e pesquisas acerca da ideia de performance como treinamento. Nosso foco inicial, a telecinese, e no decorrer, entre suas dobras poéticas, o invisível. Ao flanar entre a realidade e o delírio, a arte e o cotidiano, tão presente nas camadas de história da Colônia, e por certo do próprio Bispo, nos sentimos inebriadas pela região que, nos parece comportar uma amálgama de seu passado – esquecido e rememorado – uma mescla curiosa que torna o espaço ainda mais significativo dentro de seu contexto. Aspirando essa energia pulsante, nos deparamos com possibilidades e impossibilidades de estar, permanecer e acionar o local, por fim, escolhemos as alas onde os antigos pacientes residiram e a cela do Bispo, um lugar chave para a execução de parte de nosso treinamento, bem como para apresentar um pequeno recorte destas práticas ao público.

1. Treinamento:
- Processo que torna alguém capaz de desenvolver algo, através de orientação ou instrução.
- Destreza ou conhecimento adquirido em qualquer área; habilidade.
- Núcleo da aprendizagem - fornece a espinha dorsal de um conteúdo.

2. Desempenho:
- Realizar, completar, executar ou efetivar.
- Exibições em público
- Conjunto de resultados obtidos em um determinado teste por uma pessoa.
- No contexto esportivo o desempenho está relacionada com a sua prestação ou com uma proeza esportiva.

3. Telecinesia:
- Em parapsicologia, movimento espontâneo de objetos sem intervenção de força ou energia observável.
- ‘Mover a distancia’ - o que descreve o suposto fenômeno ou capacidade de uma pessoa movimentar, manipular ou abalar um sistema físico sem interação corporal, apenas usando a mente.
- A energia pode ser definida como 'a capacidade para realizar um trabalho’, a qual provoca uma mudança no estado ou no movimento da matéria. Há energia fluindo constantemente pelo corpo, a qual nos permite respirar, trabalhar, etc: -nós obtemos energia através da comida, a qual é medida em calorias, conhecidas como energia química. Nas células musculares, apenas 40% dessa energia é usada para o trabalho mecânico (ou seja, quando estamos mexendo o corpo). Há também energia química potencial liberada pela respiração celular. Na Telecinese ao invés de usar a energia física para mover objetos, usamos a energia química que já está acumulada no corpo – apesar dela ser invisível a olho nu, ela está presente. A primeira lei da termodinâmica afirma que essa energia pode ser transferida ou mudar de um estado para outro. Um sistema pode absorver energia de seus arredores ou irradiar energia para os arredores, mas a quantidade total de energia contida no sistema é sempre a mesma. A telecinese não é mágica, apesar de ter sido vista assim por milhares de anos. De fato, ela consiste na transferência de energia de um corpo para um objeto externo, o sistema. 

3.a. Básico: reconhecer e sentir a energia que flui pelo seu corpo já que o princípio desta ideia é que você e o objeto são um só, é importante que você sinta a energia conforme essa conexão flui pelo seu corpo. 
3.b. Prática de Rolamento: praticar com um objeto que possa rolar. Comece dando pequenas e leves cutucadas (com o dedo), concentrando-se para que o objeto cruze a mesa. Dia após dia, toque cada vez menos no objeto mas mantendo o mesmo efeito. Decida se quer puxar, empurrar ou girar o sistema. Você deve controlar em que direção a energia irá fluir.
3.c. Prática de Flutuação: trabalhar com uma bússola ou um pêndulo. É uma opção fácil de ser usada, já que ambos ficam praticamente flutuantes. Pode-se concentrar neles de olhos abertos ou fechados, passando a mão por cima e levando-os na direção que deseja dar ao objeto.

4. Invisível:
- Que, por sua natureza, sua distância ou sua pequenez, escapa à vista.
- Aquilo impossível de se ver, enxergar.

 

4.a. Palavras relacionadas: ocultar - encobrir - cobrir - esconder - reprimir - disfarçar - abafar - velar - sufocar - dissimular - acobertar - encobertar - contrafazer - acafelar - amofumbar.

4.b. Princípios elementares para treinamento invisível:
4.b.I. Fé.
- Convicção intensa e persistente em algo abstrato que, para a pessoa que acredita, se torna verdade. 
- As chances de obter resultados serão maiores se você acredita que vai conseguir. Você não pode duvidar de si mesmo ou de que algo pode realmente acontecer. 
- Pensamentos positivos geram mais pensamentos positivos e os negativos funcionam da mesma forma.
4.b.II. Foco/Concentração.
- Ponto central que dá origem a alguma coisa.
- Ponto que recebe a convergência, que é alvo, de alguma coisa.
- Para canalizar a sua energia, seu cérebro deve estar limpo – não pode haver pensamentos que o distraiam. A meditação é uma das formas de desenvolver a habilidade de foco e concentração. Reserve um tempo do dia só para você, de 10 à 15 minutos permaneça em silêncio e procure manter a sua energia focada. Para canalizar a sua energia, você precisará concentrar-se como nunca na vida.
4.b.III. Relaxamento.
- Diminuição de tensão, afrouxamento; atenuar, abrandar.
- A fim de conseguir relaxar, você deve estar completamente entregue ao momento presente. Exercícios físicos podem ser um meio importante para se livrar do estresse do dia-a-dia. Faça alguma atividade física durante uma hora por dia. Uma outra dica é praticar auto massagem com óleos vegetais antes de dormir.

 

5. Magnetismo:
- Fenômeno ou conjunto de fenômenos relacionados à atração ou repulsão observada entre determinados objetos materiais - particularmente intensas aos sentidos nos materiais ditos ímãs ou nos materiais ditos ferromagnéticos - e ainda, em perspectiva moderna, entre tais materiais e condutores de correntes elétricas. 
- Influência de um indivíduo sobre outro; poder de encantar - atração - sedução.

6. Magnetismo Animal:
- Magnetismo animal, magnetismo curativo ou biomagnetismo é a faculdade que o chamado magnetizador teria em transformar o fluido cósmico universal em fluido magnético, e este por sua vez entrando nas nádis, vias energéticas do ser humano, em fluido vital. Fundamentado como doutrina, o mesmerismo com seu conjunto de aforismos criam as bases para práticas terapêuticas. Foi afirmada como uma ciência coadunante à filosofia e a religião, buscando a melhor compreensão, não apenas do universo tangível, mas também do universo energético e fluídico.

7. Levitação:
- Processo com o qual se consegue suspender um objeto numa posição estável contrariando, assim, as forças de gravidade, mediante o uso de forças exercidas sem contacto com o objeto.
- Experimente levitar.
- Experiências fora do corpo também podem ser chamadas de projeções astrais. Isso exige um profundo estado de hipnose, levando quem pratica a uma vibração específica. É extremamente difícil de ser feito. Para não se frustrar, deve-se começar devagar. Antes de se levantar, ao acordar, experimente imaginar que está movendo apenas um braço ou perna bem devagar para ter uma experiência parcial. Depois, quando se sentir mais familiarizado, comece a imaginar que está movendo todo o corpo, vagando pelos cômodos da sua casa. A levitação é extremamente difícil, pois deve-se diminuir a inércia do sistema para deixá-lo leve o suficiente para que o eletromagnetismo dele e dos arredores reaja da forma correta.

 


ATENÇÃO
Todas os indicativos citados ou definições mencionadas no texto acima foram intencionalmente retiradas de fontes não seguras.

Práticas de Magnetismo com Imãs.

Porta da Cela de Artur Bispo do Rosário. Pavilhão Psiquiátrico da antiga Colônia Juliano Moreira, Rio de Janeiro, Brasil.

Práticas de Magnetismo com Imãs.

Porta da Cela de Artur Bispo do Rosário. Pavilhão Psiquiátrico da antiga Colônia Juliano Moreira, Rio de Janeiro, Brasil.

Práticas de Energização com Imãs.

Mesa do Refeitório. Pavilhão Psiquiátrico da antiga Colônia Juliano Moreira, Rio de Janeiro, Brasil.

  • Vimeo
  • Facebook
  • Instagram

© 2020 Rubiane Maia